Theatro São Pedro - Porto Alegre

Theatro São Pedro celebra aniversário de 163 anos com concertos presenciais e transmissões pelo Youtube

Com realização da Secretaria de Estado da Cultura e da Fundação Teatro São Pedro, a programação dos 163 anos do teatro mais antigo da capital gaúcha conta com a produção da Associação Amigos do Theatro São Pedro e da Primeira Fila Produções.

O Theatro São Pedro, instituição da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), comemora os seus 163 anos com uma programação mista, com três concertos abertos ao público (com capacidade reduzida para 30%), sendo duas apresentações da Orquestra Theatro São Pedro e uma do Sarau do Solar, que pelo segundo ano consecutivo faz apresentações em nosso espaço, além de outros oito espetáculos gravados. A programação, com curadoria do diretor artístico do Theatro São Pedro, Dilmar Messias, conta com shows musicais das cantoras Valéria Barcellos e Anaadi, teatro adulto com o espetáculo “Palácio do Fim”, que será apresentado também de forma acessível (com audiodescrição e interprete de libras), da Cia. De Teatro Incomode-te, teatro infantil com “Os Saltim(b)ancos”, dança contemporânea com “Às vezes eu Kahlo”, da Geda Cia. de Dança, e dois espetáculos circenses “Dalí”, com direção de Luciano Mallman, além de “Gaudium Mare”, do Grupo Tholl. Todos os espetáculos serão transmitidos no canal do Youtube do Theatro São Pedro: www.youtube.com/c/theatrosaopedrors

FOTOS DOS ESPETÁCULOS
https://bit.ly/3wCGMod
Créditos nos arquivos

Confira abaixo a grade da programação de aniversário do Theatro São Pedro


 

PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO – 163 ANOS

Dia 20 de junho (domingo)

 

Artes_piazzolla18h – Orquestra Theatro São Pedro – “100 anos Piazzolla”
Com regência do maestro Evandro Matté, o espetáculo contará com o solista Carlittos Magallanes (bandoneón) e participação especial da pianista Dunia Elias. No programa, clássicos de Astor Piazzolla, como Adiós Nonino, Oblivion, La Cumparsita, entre outros sucessos de Astor Piazzolla que levaram a música argentina para mundo.

• Ingressos gratuitos, mediante 2kg de alimento não perecível, a serem trocados antecipadamente na bilheteria junto ao prédio do Multipalco, ao lado do restaurante, entre 16 (quarta feira) e 19 (sábado)

 

Dia 23 de junho (quarta)

Arte_sarau19h – Sarau do Solar, da Assembleia Legislativa, especial de aniversário do teatro (música)
O Trio Voz & Piano formado por Cintia de los Santos (soprano), Francis Padilha (barítono) e Rodolfo Wulfhorst (piano) nasceu de uma parceria musical de longa data, por meio do encontro dos artistas para a preparação de performances do repertório erudito dentro e fora do Estado do Rio Grande do Sul. O repertório deste projeto consagra canções de Heitor Villa-Lobos, Guilherme Ripper, Marlos Nobre, Francisco Mignone, Astor Piazzola, Carlos Gardel, Erroll gGarner, L. Bernstein, Cole Porter, George Gershwin, entre outros.

• Ingressos gratuitos, mediante 2kg de alimento não perecível, a serem trocados antecipadamente na bilheteria junto ao prédio do Multipalco, ao lado do restaurante, entre 21 (segunda feira) e 23 (quarta feira)

Dia 25 de junho (sexta)

Arte_valeria19h – Valéria Barcellos (música)
O show “Memórias, canções, amores, lutas e glórias” também faz parte das celebrações do mês do Orgulho LGBT, da Secretaria de Estado da Cultura. Valéria Barcellos é uma multiartista integrante do Conselho Curador do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul. Cantora há quase 30 anos, fala inglês, francês, espanhol e também é faxineira. Ela é a vontade humana de dar vez e voz às mulheres pretas e trans. Uma mulher que quer tudo ao mesmo tempo, uma mulher que é tudo o que quiser.

 

Arte_palacio do fim21h – Palácio Do Fim – Cia. De Teatro Incomode-te (teatro)
A encenação de “Palácio do Fim”, texto escrito pela renomada dramaturga canadense Judith Thompson, representou o mais recente desafio da Cia. De Teatro Incomode-te. Inspirado em histórias reais, o espetáculo traz uma reflexão humanista sobre as tênues fronteiras éticas e morais que uma guerra envolve. Nesta versão especial para o aniversário do Theatro São Pedro, nos seus 163 anos, apresenta dois textos dirigidos por Carlos Ramiro Fensterseifer: ‘Colinas de Horrowdown’- O inspetor de armas britânico, David Kelly (Nelson Diniz), que tornou público, em entrevista à rede BBC, o fato de que as armas de destruição de massas no Iraque simplesmente não existiam. E ‘Instrumentos de Angústia’- A cena traz Nehrjas Al Saffarh (Liane Venturella), uma mulher, mãe, e suas memórias durante a Guerra do Golfo (1990-1991).

• Este espetáculo terá dois links, um deles com acessibilidade (libras e audiodescrição) – Produção de acessibilidade: OVNI Acessibilidade Universal Roteiro de audiodescrição: Eliana Franco Consultoria: Felipe Monteiro Narração: Rodrigo Sacco Teixeira e Diana Manenti Leitura de legendas: Diana Manenti Montagem e mixagem: Bruno Klein Tradução e interpretação em LIBRAS: Celina Xavier Neta Montagem e finalização da janela: Forno FX

Texto: Judith Thompson | Tradução: Liane Venturella e Carlos Ramiro Fensterseifer | Direção: Carlos Ramiro Fensterseifer | Elenco: Liane Venturella e Nelson Diniz | Trilha Sonora: Angelo Primon | Iluminação: Nara Maia | Cenário: Alexandre Navarro Moreira | Figurinos: Liane Venturella e Carlos Ramiro Fensterseifer | Adereços: Valéria Verba | Direção dos vídeos: Guilherme Carravetta de Carli | Pesquisa dos vídeos: Martina Pilau | Operação de som: Eduarda Rhoden | Produção artística: Letícia Vieira | Direção de vídeo e fotografia para apresentação virtual: Boca Migotto | Edição e som direto: Juan Quintáns | Produção: Cia Incomode-te-Te e Primeira Fila Produções | Realização: Galeria La Photo e Cia Incomode-Te

Dia 26 de junho (sábado)

Arte_os saltimbancos15h – Os Saltim(b)ancos (espetáculo infantil)
Peça teatral vencedora do Prêmio Tibicuera nas categorias Melhor Espetáculo e Melhor Elenco – além de indicações nas categorias Direção, Figurino, Iluminação, Ator Coadjuvante e Atriz Coadjuvante. A montagem, que conta a história de um grupo de animais que decide se rebelar contra o destino virou fenômeno entre crianças e adultos no Brasil: o musical italiano, de autoria de Sérgio Bardotti e Luis
Henrique Bacalov, adaptado por Chico Buarque e lançado em plena ditadura militar, embala gerações desde 1977 e é uma das referências infantis do teatro. Cansado de trabalhar na roça, o Jumento parte rumo à cidade em busca do sonho de viver de música e, pelo caminho, encontra os demais integrantes da história – Galinha, Cachorro e Gata.

Tradução e adaptação: Chico Buarque | Texto: Sergio Bardotti | Músicas: Luis Bacalov | Direção: Fabrizio Gorziza | Elenco: Letícia Paranhos, Lucas Sampaio, Luciano Pieper e Yuri Niederauer | Direção coreográfica: Letícia Paranhos | Cenografia: Fabrizio Gorziza e Diane Sbardelotto | Figurinos: Diane Sbardelotto | Iluminação: Nara Maia | Direção de produção: Luísa Barros

Arte_sol maior17h – Sol Maior (música e dança)
A Sol Maior é uma escola de formação cultural para crianças e adolescentes, que, desde 2013, desenvolve suas atividades nas dependências do Multipalco Eva Sopher. Nesta apresentação, o grupo irá apresentar toda a diversidade artística que contempla música popular, erudita, canto e dança.

 

 

 

Arte_anaadi19h –Anaadi – Show Anaadi canta Lupi (música)
Esta apresentação é uma imersão sobre canções de Lupicínio Rodrigues, ícone máximo da música no Rio Grande do Sul. Conhecido como o compositor da “dor de cotovelo”, Lupi cantou os males do amor e, entre sambas-canções e outros trabalhos diversos, legou cerca de 150 composições editadas, numa obra celebrada pelos maiores intérpretes do Brasil. Neste show, Anaadi relembra a voz e o olhar intensos de Maria Rosa, personagem que interpretou, ao lado de Arrigo Barnabé, como protagonista do filme “Nervos de Aço”, de Maurice Capovilla. Na trama, a cantora traduzia, em perspectiva feminina, canções cujas temáticas são normalmente voltadas ao olhar do homem traído. Dez anos depois, Anaadi volta ao repertório de Lupi e interpreta, ao lado do violonista Max Garcia, temas do chamado “Ciclo da dor de cotovelo”, como ‘Nervos de aço’ e ‘Cadeira Vazia’, além das célebres ‘Se acaso você chegasse’ e ‘Felicidade’, além de relíquias como ‘Se é verdade’ e ‘Aves Daninhas’. Anaadi é ganhadora do Grammy Latino por seu álbum de estreia “Noturno” (2017). Hoje, prepara seu segundo disco, “Iluminar”, que será uma homenagem ao que considera como a expressão máxima da música brasileira: o samba.
Concepção e Roteiro: Anaadi e Max Garcia | Direção e voz: Anaadi | Violão: Max Garcia.

Arte_frida21h – Às vezes eu Kahlo – Geda Cia. De Dança (dança)
Concebido e dirigido pela coreógrafa Maria Waleska Van Helden, a montagem tem como protagonista a bailarina-intérprete, Graziela Silveira. Partindo da imobilidade de Frida Kahlo, colhendo gestos contemporâneos, “Às vezes, eu Kahlo” tem foco no período em que Frida foi compulsoriamente paralisada em sua cama pelo grave acidente que sofreu, mas se tornando uma mulher ágil, criativa, determinada a prosseguir em sua trajetória. Frida constrói uma personalidade admirada e icônica em nosso século. O espetáculo de dança contemporânea intenciona incorporar e traduzir, ao extremo, as cores e dores de Frida e toda a sua “imobilidade móvel” emoldurada pela própria inquietação.

Concepção, Coreografia e Direção Geral: Maria Waleska van Helden| Intérprete-criadora: Graziela Silveira | Preparação Técnica: Simone Roratto | Bailarina dublê: Clarissa Gomes | Trilha Sonora Original e operação de som: Vitório O. Azevedo | Participação especial na trilha sonora: Giovanni Capeletti | Desenho e operação de luz: Carol Zimmer|Cenógrafo e Figurinista: AntonioRabadan | Criação e Projeção: Rafael Davi |Pesquisa: Maria Waleska van Helden e Consuelo Vallandro | Texto: Consuelo Vallandro |Voz em off: Arlete Cunha | Fotografia: Sabrina van Helden | Produção executiva: Arthur Bonfanti | Realização:Kapsula Produções Culturais

Dia 27 junho (domingo)

Arte_dali11h – Dalí (circo)
Edição especial do espetáculo, com prioridade para as cenas individuais, a fim de que possamos respeitar as restrições que o momento atual sanitário exige. “Dalí” é um espetáculo circense livremente inspirado no universo de um dos maiores ícones da arte em todo o mundo. Números clássicos com duo acrobático, contorção, perna de pau, parada de mão, tecido, roda syr, trapézio, malabares, bambolê, lira e parkur servem de trampolim para recontar a vida e a obra do mestre do surrealismo no século 20, Salvador Dalí. Nessa história, entram personagens que marcaram a trajetória do pintor e escultor, entre elas a esposa e musa inspiradora Gala Éluard Dali e o poeta Federico García Lorca. Projeções em vídeo reproduzem, sobre o palco, criações e imagens de Salvador Dalí.
Direção: Heloísa Nequete| Elenco: Paulo Stürmer, Zeca Padilha, Roberta Alfaya, Dominique Martins, Joana Cambeses, Eduardo Corrêa, Guilherme Gonçalves, Luciano Fernandes, Eduardo Souza, Alfredo Bermudez, Ísis Alfaya, Filipe Farina e Heloísa Nequete| Produção dos vídeos projetados em cena: Tatiana Nequete

Arte_tholl17h – Gaudium Mare – Grupo Tholl (Circo)
Nesta sessão, será transmitida parte do espetáculo “Gaudium Mare”, uma apresentação que traz no seu nome um “mar de alegrias”. A trupe de Pelotas rompe o espaço carregada de alegria, generosidade, amizade e amor. O grupo preenche os corações de felicidade e aguçam os sentidos do espectador por meio das ondas de cores, ventos e sons.
Direção /Figurinos e Ambientação cênica: João Bachilli | Confecção de Figurinos: Wanda Hobus | Aderecistas: Simone Lyrio e Marvin Duarte | Criação e operação de luz: André Hannaur|Assistente de Direção e operação de som: Diego Goveia | Direção de Produção: Joao Schmidt | Elenco: Clovis Has, Douglas Paiva, Eduardo Ferreira, Gabriel Vasconcelos, Jeferson Costa, Jessica Torres, Luana Wrague, Maiander Chagas, Marvin Duarte, Simone Lyrio e Thiago Barbosa

Arte_otsp18h – Orquestra Theatro São Pedro – “Concerto de Aniversário do Theatro São Pedro”
Com regência do maestro Evandro Matté, a Orquestra Theatro São Pedro fará o concerto de encerramento da programação que celebra os 163 anos do Theatro São Pedro, que traz Helena Losada (soprano), Hique Gomez (violino) e Renato Borghetti (acordeón), como solistas, com participação especial dos músicos Neuro Jr. (violão de sete cordas) e Ricardo Arenhaldt (bateria e percussão). O evento será híbrido, com a presença de público (capacidade reduzida para 30% – que corresponde a 190 espectadores) e transmissão pelas redes sociais do teatro. Os ingressos estão ESGOTADOS.
A apresentação também será transmitida ao vivo pelo youtube do Theatro São Pedro: www.youtube.com/c/theatrosaopedrors.

• INGRESSOS ESGOTADOS

- – – – – – – – – – – – – – – – – -

Os três concertos são ao vivo com público (30% da capacidade), totalizando 190 espectadores, com transmissão ao vivo.

Horário de distribuição dos ingressos:

Dia 20 – Orquestra Theatro São Pedro – “100 anos Piazzolla”
Ingressos gratuitos, mediante 2kg de alimento não perecível
De 16 (quarta) a 19 (sábado)

Dia 23 – Sarau do Solar
Ingressos gratuitos, mediante 2kg de alimento não perecível
De 21 (segunda) a 23 (quarta)

Dia 27 – Orquestra Theatro São Pedro – “Concerto de Aniversário do Theatro São Pedro”
Ingressos gratuitos, mediante 2kg de alimento não perecível, de 24 (quinta) a 26 (sábado)

– – – – – – – – – – – – – – –

FOTOS DOS ESPETÁCULOS
https://bit.ly/3wCGMod
Créditos nos arquivos