Theatro São Pedro - Porto Alegre

Theatro São Pedro transmite lives em homenagem a Marta Grazziotin

A família da cantora lírica Marta Grazziotin, falecida em março deste ano, doou o piano Yamaha para ser usado na Sala da Música do Multipalco, e este será o primeiro recital com o instrumento.

Dias 7 e 8 de outubro teremos duas apresentaçõe ao vivo no canal do Youtube (www.youtube.com/c/TheatroSaoPedroRS) e no Facebook (www.facebook.com/teatrosaopedro) do Theatro São Pedro. Em ambas as datas faremos uma homenagem a Marta Grazziotin, soprano gaúcha, falecida em março deste ano. No dia 7 (quarta), às 18h, um recital com os músicos Carlos Rodriguez (barítono), Cintia de los Santos (soprano), Ernani Haas (baixo), Helena Losada (soprano) e Rodolfo Daniel Wulfhorst (piano), que estarão, com as devidas medidas de distanciamento e proteção, na Sala da Música do Multipalco, num programa com obras de Camargo Guarnieri, Wolfgang A. Mozart, Giuseppe Verdi, entre outros. No dia 8 (quinta), às 18h, a programação fica por conta do Sarau do Solar, da Assembleia Legislativa, que traz o show de Daniel Debiagi (voz), acompanhado de Jackson Spindler (piano).

A Sala da Música do Multipalco agora conta com um piano doado pela família de Marta Grazziotin, após termo de comodato assinado por Antonio Hohlfeldt, presidente da Fundação Theatro São Pedro, e por Antonella Grazziotin Aramayo, filha da soprano gaúcha, que nos deixou em março deste ano. A artista sempre expôs aos familiares o desejo de que o piano seguisse em uso após sua partida. Visando atender essa vontade, após o falecimento da cantora, a família entrou em contato com a administração do Theatro São Pedro para dar destino de uso ao instrumento.

A Sala da Música do Multipalco Eva Sopher é destinada a apresentações camerísticas, simpósios e conferências e possui quatro salas menores para ensaios, dois camarins, musicoteca e sala para guarda de instrumentos. O espaço está pronto e em uso desde 2014 – e a vinda do piano da marca Yamaha será de extrema importância para as produções. A ideia é que, no futuro, cada espaço do Multipalco tenha o seu próprio piano, conforme doações como esta.

SOBRE MARTA GRAZZIOTIN

Marta Regina Grazziotin foi cantora lírica, diplomada no curso superior de piano pelo Instituto de Artes da Universidade de Passo Fundo (UPF) e licenciada em Educação Musical pela UPF. A cantora participou de cursos e máster classes junto de renomadas cantoras, como Rita Contino e Graziela Zographos (Uruguai), Neyde Thomas (Curitiba), Floriana Cavalli (Milão), Sandro Cristopher (Rio de Janeiro) e Raquel Pierotti (Barcelona). Marta também atuou em concertos, óperas e oratórios com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra de Câmara de Porto Alegre, Orquestra Sesi-Fundarte, Camerata Classe A (Porto Alegre), Trio Montevideo, Quinteto Sinopus, Quinteto Promenade (Montevideo). As óperas La Bohème (Mimi), Cosi Fan Tutti (Fiordiligi), Il Matrimonio Segreto (Carolina) e Um Romance Gaúcho (Tasso Bangel) são parte de alguns de seus trabalhos, além da participação na montagem da ópera Tudo por Roma, como Papa Léo, com direção de Dilmar Messias e texto de Luis Fernando Verissimo.

SOBRE OS MÚSICOS DO RECITAL DO DIA 7 DE OUTUBRO

Ernani Haas – Baixo

Ernani Haas, cantor baixo, ingressou na Escola de Música da OSPA em 1990 e, depois, na Escola de Ópera, sob a direção de Tulio Belardi. Haas conquistou o segundo lugar no Concurso Villa Lobos, em Santa Maria, no ano de 1981. O músico já performou em óperas, concertos e oratórios, junto do Trio Montevideo, do Quinteto Sinopus, da Camerata Classe A e da OSPA. Com a soprano Marta Grazziotin, o cantor realizou apresentações como o espetáculo Musicalíssimo e a ópera Tudo por Roma de Ronel Alberti da Rosa, com texto de Luis Fernando Verissimo e com direção de Dilmar Messias.

CARLOS RODRIGUEZ – Barítono

Carlos Rodriguez é cantor lírico barítono graduado e pós-graduado em Performance em Ópera e Música de Câmara pelo Conservatório Superior de Música na cidade holandesa de Maastricht, e com especialização no Jeker Opera Studio, também no país europeu. Rodriguez participou da criação de alguns projetos de formação de cantores, entre eles a Escola de Ópera da Orquestra Sinfônica de Sergipe (2005) e o Grupo Ópera de Bolso. Além disso, é o responsável pela Agenda Lírica, mix de canais de divulgação de música feita no Estado. Em 2019 e 2020, o cantor lançou os livros The Baritone Roles Catalogue e The Baritone Arias Catalogue, respectivamente, ambos publicados pela Amazon, multinacional norte-americana.

CINTIA DE LOS SANTOS – soprano

Cintia de los Santos, soprano lírico, é intérprete solista, licenciada em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e estudante de bacharelado em Regência Coral na mesma faculdade Atualmente, Cintia é cantora erudita e popular e integra o grupo VOCAL5 A Cappella e preparadora vocal dos corais Viva la Vida e o Coral da PROCERGS, além de lecionar técnica vocal online com foco na prática do repertório erudito e popular. Em 2014, foi indicada como a melhor intérprete de música erudita pelo Prêmio Açorianos de Música em Porto Alegre. Este ano, a cantora lírica lançou o “CD Serenata – Canções para Soprano e Fortepiano”, disponível nas plataformas digitais do Spotify, Deezer, YouTube, Apple Music e Dramma Musica.

HELENA LOSADA – soprano

Helena Losada é soprano lírico coloratura, bacharelanda da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. De 2016 a 2017, foi integrante do Coro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Em 2019, garantiu o segundo lugar no Concurso Internacional de Canto Maria Callas. Nesse mesmo ano, foi solista junto à Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), cantando nos Concertos Zaffari de Natal e de Primavera, com a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro (OCTSP). Desde 2017, Helena tem aulas semanais com o barítono Carlos Rodriguez.

RODOLFO DANIEL WULFHORST – piano

Rodolfo Daniel Wulfhorst é pianista acompanhador desde 1992. Wulfhorst estudou piano com Ney Fialkow, no Curso de Extensão em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do sul (Ufrgs). Tem experiência de atuação como pianista em montagens de óperas em formato “de bolso”. O pianista participou dos projetos “Terça Lírica” e “Arte Lírica”, que ocorriam no Palácio da Justiça de Porto Alegre e no Foyer do Theatro São Pedro, respectivamente.

SOBRE DANIEL DEBIAGI – DIA 8 DE OUTUBRO

Daniel Debiagi é músico, cantor e compositor. Foi vencedor do Prêmio Açorianos de Música 2019 na categoria Melhor Intérprete Pop por seu disco de estreia “Sem Chover em Teus Olhos”. Seu primeiro CD teve show de lançamento no Salão de Atos da UFRGS em dezembro de 2018. Em 2016, lançou em Paris/FR o show em tributo à cantora Maysa chamado “Só na multidão”, que no mesmo ano fez temporada em Porto Alegre. Em 2015, foi vencedor do 8º Festival da Canção Francesa na capital gaúcha e vice-campeão no Rio de Janeiro na etapa nacional do Festival.