Theatro São Pedro - Porto Alegre

Theatro São Pedro celebra 161 anos de história

O teatro mais antigo de Porto Alegre completa 161 anos. Com projeto arquitetônico de estilo neoclássico de Filipe de Normann, o Theatro São Pedro foi inaugurado em 27 de junho de 1858, sob a presidência de Ângelo Moniz da Silveira Ferraz, o Barão de Uruguaiana. Na ocasião, representou-se o drama “Recordações da Mocidade”. Já em 1862, o Theatro São Pedro tornou-se definitivamente patrimônio público.

Separamos, abaixo, algumas curiosidades sobre a nossa história:

– Foi aqui no Theatro São Pedro, em 1950, a primeira apresentação da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), sob o comando do regente Pablo Komlós. É a segunda orquestra mais antiga do país em atividade até hoje.

– Em julho de 1957, inaugurou-se a sede provisória do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) no foyer nobre, permanecendo lá até 1973.

– Ir ao teatro era sinônimo de se mostrar para a sociedade. O proscênio é um camarote que fica na lateral do palco, era o camarote em que as antigas famílias nobres mostravam os seus filhos, para possíveis casamentos.

– Os teatros antigos costumam ter uma acústica perfeita, pois foram construídos em uma época em que não existia microfone – de qualquer lugar é possível escutar perfeitamente os atores. Uma curiosidade: poltrona F13 é o local no centro da plateia, bem abaixo do lustre, e que ao falarmos neste local notamos a amplitude da nossa voz, muito mais que nas outras poltronas.

– O lustre original era a velas. A peça que orna o vazado do teto do hall de entrada, localizada no Foyer Nobre, é a peça original que ficava em cima do lustre antigo, usada como parapeito para os funcionários da época acender o lustre a velas. A energia elétrica veio em 1900 e, na noite da inauguração do lustre com energia elétrica, foi encenado um espetáculo com atores portugueses.

– Em 1895, marca o surgimento do cinema com os irmãos Lumière. Cerca de um ano depois São Paulo e Rio de Janeiro exibia a novidade e, logo em seguida, chega em Porto Alegre, em exibições espaciais, sem a existência de uma sala adequada e específica. Em 1901, ocorreu a primeira exibição de uma película de cinema em um espaço fechado, em Porto Alegre, e foi aqui no Theatro São Pedro. As exibições tornaram-se frequentes até 1908, com o surgimento do Recreio Ideal.

– Em 1925, Porto Alegre aplaudia pela primeira vez um espetáculo de dança, com a bailarina belga Félyne Verbist.

– Após ser interditado, em 1973, Eva Sopher assume, em 1975, as obras de reconstrução do prédio, reinaugurado em 28 de junho de 1984, em noite de gala, com a apresentação da OSPA, sob o comando do maestro Radamés Gnatalli. Fechando a noite, o grupo gaúcho Cem Modos, encenou o espetáculo O Julgamento do Cupim.

– A temporada do Theatro São Pedro teve sequência com a histórica apresentação de Bibi Ferreira, com o espetáculo Piaf, com 41 sessões, todas com ingressos esgotados. Estava novamente o TSP recolocado no roteiro cultural de Porto Alegre.