Theatro São Pedro - Porto Alegre

Show virtual do Conjunto Bluegrass é atração no projeto musical do Theatro São Pedro, que resiste a esses tempos e é uma alternativa cultural para quem está em casa

As apresentações virtuais do projeto Mistura Fina – Música para Fugir do Trânsito, prosseguem no próximo dia 23 de abril, quinta-feira, tendo como atração o Conjunto Bluegrass Porto-Alegrense. A transmissão é feita pelas redes sociais do Mistura Fina, pelo link: www.facebook.com/misturafinamusica/, a partir das 18h30min.

Suspensas desde o dia 19 de março, em acordo com as medidas temporárias de prevenção ao contágio pela COVID-19 (novo Coronavírus), a programação foi retomada no último dia 16, a fim de garantir a continuidade do projeto e o trabalho dos artistas participantes, bem como minimizar os efeitos do isolamento provocado pela crise sanitária no Brasil. A iniciativa leva a assinatura da Fundação Theatro São Pedro, por meio da Associação dos Amigos do Theatro São Pedro, produção da Primeira Fila Produções, financiamento do Pró-Cultura RS e patrocínio da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul – SULGÁS.

A programação do Mistura Fina – Música para Fugir do Trânsito encontrava-se em plena execução, desde agosto de 2019, cumprindo-se as 40 sessões previstas, com apresentações no Foyer Nobre do Theatro São Pedro, com muito sucesso. O recomeço das sessões foi no dia 05 de março, quando da reabertura do TSP. Neste mesmo mês, ocorreram os dois primeiros shows, restando ainda 20 a serem realizados. Entretanto, com o agravamento da situação de controle da proliferação do Covid-19, todas as atividades do Theatro São Pedro foram suspensas, ainda por tempo indeterminado, aguardando-se a evolução da crise sanitária e seus desdobramentos.

Mais informações:
(https://www.facebook.com/misturafinamusica)

Mais sobre o Conjunto Bluegrass:

Influenciados pelo bluegrass music, gênero musical oriundo dos Estados Unidos que utiliza somente instrumentos acústicos, o Conjunto Bluegrass Porto-Alegrense tem, em sua formação, os músicos Marcio Petracco (mandolin/bandolim), Heine Wentz (fiddle/violino), Ricardo Sabadini (guitar/violão) e José Baronio (bass/baixo).

Bluegrass é o apelido do estado do Kentucky, “The Bluegrass State”, e é de lá que veio o grupo que deu nome ao estilo, “Bill Monroe and His Blue Grass Boys”. Bill Monroe é considerado o pai da música bluegrass. “Nosso repertório é exclusivamente de músicas desse gênero. As raízes dessa música remontam aos imigrantes irlandeses, escoceses e ingleses, fugidos da fome que passaram na Europa em meados do século XVIII. Eles colonizaram a região dos montes Apalaches, e junto com eles trouxeram sua cultura musical. O bluegrass também teve influência dos afro-americanos, que foram os responsáveis pela introdução do banjo nos Estados Unidos”, conta Sabadini.

Assessoria de Imprensa:
Silvia Abreu (MTB 8679-4)
Fones: (51) 98632.0145 (Oi)