Theatro São Pedro - Porto Alegre

Sessão especial no Theatro São Pedro vai homenagear Domingos Montagner, com entrada gratuita

Morte Acidental de um Anarquista terá apresentação extra no domingo, com ingressos distribuídos um hora antes do espetáculo no Theatro São Pedro.

Emocionados com a morte prematura do ator e amigo Domingos Montagner, atores, produtores e equipe técnica da peça Morte Acidental de um Anarquista decidiram promover uma sessão extra e gratuita para homenagear o artista de teatro, televisão, cinema e circo. Assim, a montagem que já estava na grade do Porto Alegre em Cena nos dias 17 e 18 de setembro, terá sessão extra no domingo, dia 19, às 21h. A proposta partiu de Dan Stulbach, que integra o elenco da montagem, e foi imediatamente abraçada pelo festival e peloTheatro São Pedro. Além de colegas, Dan e Domingos eram amigos íntimos.

Com texto baseado em fatos reais do genial dramaturgo italiano Dario Fo (Nobel de Literatura de 1997), o espetáculo Morte Acidental de um Anarquista é uma comédia que, além de divertir, provoca profunda reflexão e crítica à vida e à sociedade. Escrita há 45 anos, a engenhosa peça se mantem viva e atual – não à toa, é o texto mais montado do autor ao redor do mundo. Sob impecável direção de Hugo Coelho, a encenação evidencia a ficção, apesar de estabelecer diversos vínculos com a realidade contemporânea. Em cena, os brilhantes atores Dan Stulbach e Henrique Stroeter – que dividem o palco com Riba Carlovich, Marcelo Castro, Maíra Chasseraux, Rodrigo Bella Dona eRodrigo Geribello – fazem improvisações inteligentes e derrubam a barreira invisível que separa palco e plateia, aproximando ainda mais a farsa e incluindo o público, que sai do teatro perplexo com a verossimilhança do que assistiu com o momento político e social brasileiro.

Ficha técnica
Direção: Hugo Coelho / Texto: Dario Fo / Tradução: Roberta Barni / Elenco: Dan Stulbach, Henrique Stroeter, Riba Carlovich, Marcelo Castro, Maíra Chasseraux e participação em cena de Rodrigo Bella Dona como “O Guarda” / Música ao vivo: Rodrigo Geribello / Cenografia: Marco Lima / Figurino: Fause Haten / Estagiário de Direção: Rafael De Bona / Administração: Magali Morente Lopes / Produção Executiva: Katia Placiano / Coordenação de Projetos: Egberto Simões / Realização: Quadrilha da Arte / Produtores Associados: Selma Morente, Célia Forte e Dan Stulbach / Duração: 80min / Recomendação etária: 12 anos

SERVIÇO
MORTE ACIDENTAL DE UM ANARQUISTA (SP)
Com texto de Dario Fo, dramaturgia e direção de Hugo Coelho e atuação de Dan Stulbach, Henrique Stroeter, Riba Carlovich, Maíra Chasseraux, Marcelo Castro e Rodrigo Bella Dona
Dias 17 e 18 de setembro
Sábado, às 21h (ingressos R$ 80 inteiro / R$ 40 promocional)
Domingo, às 18h (ingressos R$ 80 inteiro / R$ 40 promocional)
Domingo, às 21h (sessão extra com entrada franca – os ingressos serão distribuídos uma hora antes da apresentação)