Theatro São Pedro - Porto Alegre

Secretária da Cultura tem agenda com ministro Osmar Terra nesta segunda

Ministro da Cidadania vai lançar edital de Culturas Populares em Porto Alegre

A Secretaria Especial da Cultura (Ministério da Cidadania) lança, nesta segunda-feira (24), às 18h30, no Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, S/N – Centro Histórico), a 7ª edição do Prêmio Culturas Populares – que este ano homenageia Vitor Mateus Teixeira, o Teixeirinha. O lançamento, na Sala de Música do São Theatro, será feito pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, e pelo secretário adjunto da Cultura, Paulo Martins, e contará com a presença da secretária da Cultura, Beatriz Araujo.

O edital prevê a destinação de R$ 5 milhões para iniciativas que fortaleçam e deem visibilidade a atividades da cultura popular e tradicional de todo o Brasil. As inscrições podem ser feitas até 16 de agosto pela internet ou via postal. No site estão todos os detalhes do edital 2019, desde a publicação, passando pela fase de habilitação até o resultado final. Este ano, cada um dos vencedores vai receber R$ 20 mil reais.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Cultura Popular é “o conjunto de criações que emanam de uma comunidade cultural, fundadas na tradição, expressas por um grupo ou por indivíduos e que reconhecidamente respondem às expectativas da comunidade enquanto expressão de sua identidade cultural e social”. Abrange folclore, cultura oral, cultura tradicional e cultura de massa.

O edital
É uma ação reconhecida no âmbito da Cultura Popular, para a qual já foram investidos cerca de R$ 29 milhões, premiando mais de duas mil iniciativas culturais, entre mestres, mestras, grupos e instituições culturais sem fins lucrativos, com reconhecida atuação no campo das Culturas Populares, como forma de reconhecimento e valorização desse segmento.

Por que a escolha de Teixeirinha como homenageado?
Teixeirinha (Rolante, 1927 – Porto Alegre, 1985) representa a identidade cultural e a tradição do povo do gaúcho. É um mestre consagrado, que gravou 49 LPs, com mais de 700 músicas de sua autoria.  Seu disco “Coração de Luto” vendeu mais de 1 milhão de cópias em todo o Brasil. Recebeu nove discos de ouro e deixou um grande legado para a música popular de raiz, reconhecidamente como quem sempre enalteceu os hábitos e costumes mais simples e ao mesmo tempo mais importantes da vida do nosso povo.

Texto: Rafael Varela/ASCOM SEDAC
Foto: Solânge Brum/ASCON SEDAC