Theatro São Pedro - Porto Alegre

Sarau “Clarice Lispector, mãe da humanidade”- 101 anos de Clarice Lispector dia 8 de dezembro às 18h

Bob Bahlis dirigindo Werner Schünemann.
Manuela e Karen lendo as personagens femininas de Clarice.
Os atores jovens interessados na maior escritora brasileira do século XX.
Evento para celebrar Clarice Lispector.

O Sarau Clarice Lispector, mãe da humanidade fará sua primeira apresentação presencial, para comemorar os 101 anos de Clarice Lispector, gratuitamente no Foyer do Theatro São Pedro.

Será dia 8 de dezembro (quarta-feira), dia que antecede a data de falecimento e próximo ao aniversário da autora – Clarice Lispector faleceu, um dia antes de completar 57 anos, em 1977:

09/12/1977 – morte de Clarice Lispector (RJ), os 56 anos.
10/12/1920 – nascimento de Clarice Lispector (Ucrânia).

Autora de romances, contos, crônicas e ensaios, Clarice Lispector é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. O evento será um encontro para celebrar a obra e vida de Clarice Lispector, com leituras dramáticas e um bate papo sobre a trajetória de Clarice. Também discutiremos sobre a importância da autora como símbolo feminista. Clarice Lispector separou-se em 1960, num Brasil preconceituoso e machista e suas personagens femininas retratam essa as características histórico-culturais e sociais.

Participam do Sarau Bob Bahlis, Werner Schünemann, Karen Tadros , Manuela Falcão e, nesta edição presencial, um grupo de jovens atores, declamando alguns trechos da obra da autora. São eles: Bárbara Marmor, Stephanie Ilha, Helena Sá, Douglas Kothe e Rosana Silveira. Estas interpretações foram dirigidas por Werner Schünemman.