Theatro São Pedro - Porto Alegre

Pianista Angelin Loro no Musical Évora

O Musical Évora do dia 14 de junho traz recital com o professor e pianista Angelin Loro, às 12h30, no Foyer Nobre Theatro São Pedro, com entrada franca. No programa, obras de três compositores do século XIX, Georges Bizet, Franz von Suppé e A. Carlos Gomes.

Graduado em Piano e Licenciado em Música pela UFRGS, Pós-Graduado em Educação Especial pela PUCRS, harmoniza a vida artística com as do magistério público e particular.

Sua grande estreia foi em 24 de julho de 1963, no Teatro Municipal Carlos Gomes de Blumenau/SC, com 17 anos. Desde então, tem realizado inúmeras apresentações, inclusive como solista de orquestras. Em uma de suas apresentações, executou o 3º concerto de Beethoven, sob a regência do maestro Hans Geyer, da Orquestra de Câmara de Blumenau. Alguns dias depois reprisou-a sob a batuta de Jean Jacques Pagnot e mais tarde com a regência de Pablo Komlós, ex-diretor e regente da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).

Sua atividade docente inclui regência de coros, formação de conjuntos vocais e instrumentais, aulas de técnica vocal, e canto, ensino de instrumentos, apresentação de projetos didáticos, atuação em congressos e eventos artísticos e/ou educacionais, inclusive como palestrante.

O Musical Évora é uma realização da Associação Amigos do Theatro São Pedro e tem patrocínio da Évora Holding S.A. e proporciona à comunidade apresentações ao vivo, com entrada franca, sempre nas quartas-feiras úteis, trazendo o trabalho de músicos de diferentes regiões do país e do exterior. As apresentações têm em torno de 45 minutos, contemplando diferentes estilos, como erudito, MPB, choro e jazz.

PROGRAMA (transcrito para piano)

Georges Bizet (1838-1875) – Abertura e Prelúdio da ópera Carmen
Franz von Suppé (1819-1895) – Poeta e Camponês – Abertura
A. Carlos Gomes (1836-1896) – Protofonia da Ópera Il Guarany


Serviço:
Musical Évora, Angelin Loro
Data: 14 de junho | Quarta-feira
Hora: 12h30
Local: Foyer Nobre do Theatro São Pedro
Entrada franca