Theatro São Pedro - Porto Alegre

Os ingressos para o espetáculo O Grande Sucesso já estão à venda na bilheteria

Alexandre Nero retorna aos palcos patrocinado pela Vivo, com o espetáculo O Grande Sucesso em temporada 2017 Vivo EnCena. A peça conta a história de um grupo de artistas secundários que esperam na coxia sua vez de entrar em cena. Com trilha musical original cantada e tocada ao vivo, o elenco discorre de maneira filosófica e muito bem humorada sobre sucesso e fracasso. O espetáculo, que segue em turnê pelo Brasil, terá três apresentações em Porto Alegre, dias 12, 13 e 14 de maio – sexta e sábado, às 21 horas, e domingo, às 18 horas.

Muito antes de representar o Comendador na novela Império e Romero Rômulo em A Regra do Jogo, Nero já acumulava um trabalho consistente como músico, compositor e ator. Natural de Curitiba, Paraná, foi em sua cidade natal que o ator deu início à carreira artística nas bandas Grupo Fato, Banda Maquinaína e Denorex 80. Depois de participar de algumas produções teatrais, foi no espetáculo Os Leões, dirigido por Nadja Naira (designer de luz neste projeto) que ele despertou atenção nacional.

Em O Grande Sucesso, Nero resgata estas relações. Compondo a trupe, Carmem Jorge (preparadora corporal e coreógrafa), os atores e músicos Rafael Camargo, Eliezer Vander Brock, Fernanda Fuchs, Fabio Cardoso, Edith de Camargo e o diretor musical Gilson Fukushima são de Curitiba. “A peça flerta com o humor irônico, sarcástico e melancólico. Um humor bastante curitibano”, afirma Nero, que divide o palco com amigos da época do início da carreira. Integram também o elenco a musicista paulista Carol Panesi e o ator carioca Marco Bravo.

A peça traz algumas pinceladas da biografia de Nero, que explica que o projeto é uma aventura criativa escrita por muitas mãos: “Esse espetáculo é de todos nós, e ele só existe porque nós todos o fizemos. A esses todos agradeço pela entrega e dedicação, e por corroborar com o que eu sempre acreditei: sucesso é alcançar seu propósito rodeado por pessoas amáveis, comprometidas, talentosas e cientes de suas falibilidades”, conta.

O sucesso é o tema central da peça, mas não se engane: tudo é levado de forma subjetiva, nada óbvia. “Definição de sucesso e fracasso é particular e intransponível. Sim, é particular saber se acertamos ou erramos, se vencemos ou não. Quando batemos nesses raros encontros de explosão nos sentimos fortes, elétricos, vivos, apaixonados, e é assim que me sinto com O Grande Sucesso. Que alegria chegar a Porto Alegre com esse espetáculo e num palco poder somá-lo orgulhosamente à minha história. É aquele espetáculo que eu gostaria que o mundo todo pudesse assistir (e acredite, não é em todo trabalho que penso assim)”, sinaliza o ator.

Aclamado por público e crítica, o espetáculo conquistou o 29º Prêmio Shell São Paulo, nas categorias figurino (Karen Brusttolin) e autor (Diego Fortes) e foi eleito o melhor musical do ano de 2016 no Guia da Folha, junto com Wicked. Além de compor o ranking das cinco melhores peças em cartaz pela Veja SP, foi indicado em diversas categorias a outros prêmios como APCA, Arte Qualidade Brasil e Aplauso. Após apresentações em Paulínia, Curitiba, Florianópolis, Vitória, São José dos Campos, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e João Pessoa, O Grande Sucesso chega finalmente a Porto Alegre.

Vivo EnCena

“Ficamos muito contentes em apoiar este espetáculo que é sucesso de público e crítica por onde passa. A Vivo é a única empresa privada a manter ininterruptamente o apoio ao teatro brasileiro porque acredita e incentiva projetos que promovem o desenvolvimento sustentável, com benefícios econômicos, sociais e culturais” , revela a diretora de Sustentabilidade da Vivo, Joanes Ribas. O Vivo EnCena integra a plataforma Vivo Transforma, criada pela empresa para promover a democratização do acesso à cultura e o envolvimento das comunidades em iniciativas pautadas na transformação social, revelação de novos talentos e valorização da cultura nacional. Ao longo de seus 12 anos de existência, o Vivo EnCena já beneficiou mais de 1 milhão de espectadores em mais de 3 mil sessões de teatro.

Ingressos

Plateia e cadeiras extras: R$ 120
Camarote central: R$ 100
Camarote lateral: R$ 90
Galerias: R$ 50
À venda na bilheteria – de segunda a sexta, das 13h às 18h30 ou até o horário de início do espetáculo; sábados e domingos, das 15h até o horário de início do espetáculo – e pelo site Blue Ticket.

Descontos

50% para associados da AATSP (ingressos limitados)
50% para sócios do Clube do Assinante ZH (titular e acompanhante)
50% para colaboradores e clientes da Porto Seguro (titular e acompanhante)
50% para idosos
50% para estudantes, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência

Ficha técnica

Elenco: Alexandre Nero, Carol Panesi, Edith de Camargo, Fernanda Fuchs, Fabio Cardoso, Eliezer Vander Brock, Marco Bravo e Rafael Camargo
Participação: Fernando Trauer e Thomas Marcondes
Interlocução artística: Alexandre Nero
Texto e direção: Diego Fortes
Direção musical: Gilson Fukushima
Direção de movimento e coreografia: Carmen Jorge
Consultoria dramatúrgica : Luci Collin
Design de luz: Nadja Naira
Cenografia: Marco Lima
Figurino: Karen Brusttolin
Confecção de figurinos e adereços: Paula Accioli
Visagismo: Wilson Eliodorio e Junior Mesquita
Fotografia: Priscila Prade
Direção de produção: Priscila Prade
Produção executiva: Bila Bueno
Diretor de palco: Fernando Trauer
Assistente de produção: Thomas Marcondes
Roadie: Marcos Franco
Operador de som: Arthur Ferreira
Microfonista: Douglas Fernandes
Operador de luz: Ari Nagô
Construção de cenário: Fernando Brettas | Ono-Zone Estúdio
Assistente de figurino: Fernanda Tolen e Ivy Gabriel
Assistente Visagismo: Max Lima
Camareira: Rosa Passe
Assessoria de imprensa Porto Alegre: Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing
Assessoria jurídica: Francez e Alonso Advogados
Gestão de projeto e lei de incentivo: Daniela Brusco | O Bixo Produção Cultural
Financeiro: Maristela Marino
Projeto Gráfico e Estratégia Digital: Gigi Prade e Murilo Lima
Produção Porto Alegre: Little John Entretenimento
Realização: Super Amigos Produções Culturais e Ministério da Cultura
Patrocínio: Vivo EnCena e Porto Seguro

Duração: 105 minutos
Recomendação: 14 anos