Theatro São Pedro - Porto Alegre

Musical infantil tem apresentações nos dias 21 e 22 de maio, às 16h

O Gato de Botas, Quem Disse Que Só o Cão é o Melhor Amigo do Homem? retorna ao palco para mais uma temporada de sucesso no Theatro São Pedro.

Inspirada no conto do escritor francês Charles Perrault, incluído no livro “Les contes de ma mère l”Oye”, publicado em 1697, a montagem gaúcha narra as aventuras de um grupo de gatos que vem a público para reivindicar o título de “melhor amigo do homem”, atribuído até então aos cães. Com este intuito se reúnem para contar a história de um gato, que ao calçar um par de botas muda a sorte e o destino de seu amo, um rapaz pobre e sozinho. Através de sua inteligência e arte, o gato conquista a confiança e admiração do rei, vence o terrível feiticeiro e devolve ao seu dono o castelo, antes furtado de seu avô pelo gigante malvado. Em meio a canções inspiradas na música cigana e coreografias baseadas no flamenco e na dança contemporânea, os gatos provam que também podem ser chamados de melhores amigos do homem.

Com trilha sonora original de Arthur de Faria e letras de Daiane Oliveira, as músicas são executadas ao vivo por músicos que acompanham os atores/cantores. A criação das canções foi inspirada na musicalidade cigana. A partir daí surgiu uma linha musical, com identidade própria, embasada nos timbres de violão e cordas, cajón e buleria, complementados por instrumentos de percussão e castanholas, que também são usados para compor os efeitos sonoros do espetáculo.

O figurino foi concebido na intenção de permitir a versatilidade do ator, uma vez que os gatos assumem diversos personagens. Devido à inspiração “cigana”, as cores estão bastantes presentes. O figurino tem inspiração na dança flamenca, e ao calçar as botas e dançar, o gato de botas encanta, e através de sua inteligência, conquista. Para os demais personagens gatos, a inspiração foi à pelagem dos animais, que serve como figurino base.

O cenário confeccionado por tecidos de diversas texturas, metal, madeira e sisal. Buscando a ideia dos arranhadores e caixas tão adorados pelos felinos. Com cores opacas de madeira e corda, o cenário contrasta com o colorido dos figurinos. O cenário é móvel e se transforma em diversos ambientes, na medida em que as cenas vão se desenvolvendo.

A concepção de luz tem por finalidade marcar bem as diferentes ambientações e o espaço-tempo, através das tonalidades de azul, âmbar e variações de vermelho. A iluminação contribui ainda para a criação de sombra chinesa.
PRÊMIOS TIBICUERA DE TEATRO INFANTIL 2013

Melhor atriz coadjuvante: Daiane Oliveira
Melhor Cenário: Lucas Krug
Melhor Produção: Sandra Narciso

ELENCO
Daiane Oliveira, Fernanda Santos, Guilherme Ferrêra, Henrique Gonçalves, Lucas Krug, Plínio Marcos Rodrigues
MÚSICOS QUE TOCAM AO VIVO
Fernando Catatau e Marcão Acosta

FICHA TÉCNICA
Texto e direção: Daiane Oliveira
Direção Musical e Trilha Sonora: Arthur de Faria
Preparação Vocal: Lucas Krug
Coreografias: Fernanda Santos
Coreografias Flamencas: Guilherme Ferrêra
Preparação Corporal: Fernanda Santos
Maquiagem: Luana Zinn
Figurinos: Fabrizio Rodrigues
Adereços: Paulo Grilo
Cenário: Lucas Krug
Iluminação: Osmar Montiel

TEMPORADA
O GATO DE BOTAS, QUEM DISSE QUE SÓ O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM?
Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/n) – 51.32275100 | 32275300 – Porto Alegre | RS
Dias 21 e 22 de maio de 2016
Sábado e domingo, 16h
Preço único de R$ 40, sem lugares marcados
Desconto de 50% para AATSP (Associação Amigos do Theatro São Pedro), estudantes e Seniors.
Classificação Etária: livre – Duração: 60 min
Crédito das fotos: Gefferson Grbac

Contato
RAIAR PRODUÇÕES | ARI LOPES
51.9914-6516 / 9260-4445
arilopes.lopes@gmail.com

Release Media kit