Theatro São Pedro - Porto Alegre

Musical Évora traz Adriana Deffenti com Revira&Volta

A cantora, compositora e instrumentista Adriana Deffenti volta aos palcos acompanhada pelos músicos Marcelo Corsetti e Angelo Primon com o show Revira&Volta, no Musical Évora. A apresentação ocorre dia 20 de janeiro, às 12h30, no Foyer Nobre do Theatro São Pedro e tem entrada franca.

A fim de aliviar a saudade, após oito anos sem tocarem juntos, os músicos apresentam um show com canções do passado e do futuro (que anuncia um novo disco). No palco, Deffenti toca flauta doce e transversa, castanholas e rabeca. Corsetti, produtor musical dos dois discos de Adriana Deffendi, está na guitarra e violões (nylon e aço) e o multi-instrumentista de cordas Primon se divide na viola caipira, violões (nylon e aço), sitar e percussão.

No repertório do show estão canções dos dois discos da cantora (Peças de Pessoas, de 2002 e Adriana Deffenti, de 2006). Outra parte do repertório vem do período em que não atuaram juntos, quando Adriana trabalhou com diversas formações de músicos e intensificou seu trabalho como compositora. Quem assistir poderá ouvir ao vivo interpretações da cantora para Foi no mês que vem, de Vítor Ramil, Pôquer no Escuro, de Nei Lisboa, Mesmo que Mude, de Carlinhos Carneiro e Rodrigo Pilla e as novas de Adriana: Controversa e Malabarismo Íntimo.

Adriana Deffenti é cantora e flautista, mas também atua como atriz. Começou na música cedo, aos move anos, no Projeto Prelúdio, escola de música ligada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde então, sua relação com a música e as artes não parou mais. Em 1998, começou a carreira solo como cantora. Gravou dois discos – Peças de Pessoas (2002) e Adriana Deffenti (2007) – e recebeu dois prêmios Açorianos de Música. Excursionou pelo Brasil, Argentina (onde lançou o segundo disco pela Random Records), Espanha e França. Atua em espetáculos que julga interessantes e desafiadores, como a ópera cômica As 7 Caras da Verdade (de Nico Nicolaiewsky), o circense Pão e Circo (do Circo Teatro Girassol, dirigido por Dilmar Messias), e trabalhos da Cia. De Dança Contemporânea Eduardo Severino. Circulando por um universo artístico amplo e sem limitações de gênero, hoje Adriana canta também o rock do seu lugar. O show Onde anda o Rock ‘n’ Roll reúne releituras de canções do rock gaúcho, de seus primórdios até hoje. São versões que misturam estilos, em interpretações absolutamente livres.

Programa:

O recado delas – Maria João/Mário Laginha
Mesmo que mude – Carlos Carneiro/Rodrigo Pilla
Quem te ensinou a dançar – Otávio Santos
Berlim bonfim – Nei Lisboa/Hique Gómez
Malabarismo íntimo – Adriana Deffenti
La pomeña – Cuchi Leguizamón/Manuel Castilla
Foi no mês que vem – Vitor Ramil
Capitu – Luis Tatit
Tabu – Gustavo Cerati
Luca – Herbert Vianna
Going to california – Jimmy Page/Robert Plant
Controversa – Adriana Deffenti
Pôquer no escuro – Nei Lisboa
Onde anda o RR – André Silveira
El tunge le – Eduardo Mateo

Foto: Anderson Dornelles
Texto: Assessoria de Comunicação do Theatro São Pedro

Release