Theatro São Pedro - Porto Alegre

Ébano & Marfim apresenta obra de Nêgo Izolino no Musical Évora

O compositor e intérprete Izolino Nascimento é um dos pilares do samba no Rio Grande do Sul. Escreveu mais de 200 composições, muitas delas gravadas por diferentes intérpretes, como Minha Dor e Vim Buscar. Com uma trajetória de muita resistência, teve que lutar para levar adiante sua carreira de músico. Mas o artista foi em frente e, agora, graças a um esforço seu e de alguns amigos muito especiais, está finalmente gravando seu disco autoral, um sonho acalentado por décadas.

Um recorte de sua obra estará no espetáculo Nêgo Izolino: Griot do Samba, Poeta do Amor! 75 anos, realizada pelo projeto Ébano & Marfim, dentro da programação do Musical Évora. A apresentação ocorre na próxima quarta-feira, 24 de outubro, às 12h30min, na Sala da Música do Multipalco Eva Sopher. O show marca, também, o pré-lançamento do disco que ainda não tem nome, mas que estará disponível em breve.

Mestre Izolino ou Nêgo Izolino, como carinhosamente é chamado, é compositor e intérprete de samba. Nasceu em Porto Alegre, em 1943, e atualmente vive em São Leopoldo. Integrou o grupo O Sambão e foi diretor artístico do conjunto Samba Autêntico. Minha Dor é o carro-chefe de suas canções, composta em 1982, e acalmada por grandes nomes da música, já falecidos, como João Aruanda, Altair e Moura do Folhetim, que foi o primeiro a cantar esse samba.

No carnaval de Porto Alegre, sua carreira começou com a composição de um samba de quadra para a Escola de Samba Acadêmicos da Orgia, a convite do Mestre Irajá. Transitou pelas principais Escolas de Samba de Porto Alegre e arredores: Escola de Samba Praiana (1987/9); Império da Zona Norte (1988); Imperatriz Dona Leopoldina (1999) e Império do Sol (2003).

O Musical Évora é uma realização da Associação Amigos do Theatro São Pedro, com o patrocínio da Évora Holding S.A. O projeto proporciona à comunidade apresentações ao vivo, com entrada franca, sempre nas quartas-feiras úteis, trazendo o trabalho de músicos de diferentes regiões do país e do exterior. As apresentações têm em torno de 45 minutos, contemplando diferentes estilos, como erudito, MPB, choro e jazz.

Intérpretes: Jorge do Nascimento, Juliano Barcellos, Lú Astral, Maria do Carmo Carneiro, Maria Helena Montier, Marietti Fialho, Sandro Ferraz e Yara Lemos.

Regional: Alemão Charles do Cavaco (Cavaco Solo), Cassiano Miranda (Percussão), Dionatas Colvara (Pandeiro), Igorzinho Peres (Percussão), Maicon Ouriques (Pandeiro), Prof. Palmeira (Violão 7 Cordas) e Rodrigo Fontoura (Violão 6 Cordas).

Sobre o projeto de lançamento do disco:

Tudo começou com uma iniciativa de Marguerite Silva Santos, soprano e jazzista, responsável pelo projeto Ébano & Marfim, que se dispôs a ajudar Izolino na tarefa nobre de imortalizar sua obra. No caminho, encontrou Cesio Sandoval Peixoto, um apoiador da arte que cedeu seu estúdio e deu suporte para que a obra do sambista começasse a tomar a forma de um álbum. O cavaquinista Alemão Charles, também amigo e parceiro, prontificou-se a criar os arranjos e dar forma às composições do artista. O violonista Rodrigo Fontoura, o percussionista Cassiano Miranda, o contrabaixista Antônio Guaracy Guimarães e o técnico de som Camilo Nissien abraçaram a ideia e, com isso, outros amigos foram se sensibilizando em prol do sonho de Izolino.

SERVIÇO:

Musical Évora | Ébano & Marfim apresenta – Nêgo Izolino – Griot do Samba, Poeta do Amor Data: 24 de outubro (quarta-feira), 12h30min

Local: Sala da Música do Multipalco Eva Sopher (Praça Marechal Deodoro, s/nº)

→ ENTRADA FRANCA

Estacionamento do Multipalco Eva Sopher. Aberto ao público de segunda a sábado e para todos os espetáculos, com descontos para associados da AATSP.