Theatro São Pedro - Porto Alegre

André Golbert apresenta obras para piano de Claude Debussy

Em homenagem ao Museu Nacional, o recital-conversa Música para apagar incêndios: Claude Debussy intercala performances musicais e diálogos que ampliam a experiência de escuta da plateia, explorando novas maneiras de se compartilhar a arte e diminuindo a distância entre pianista e plateia. Será dia 16 de julho, domingo, às 18h.

As misteriosas afinidades entre música e imaginação são capazes de convocar museus internos, refúgios que resistem aos perigos de uma memória incendiada. O programa é um convite à imaginação, um passaporte para o mundo de brumas, fadas e fogos de artifício visto nas obras para piano de Claude Debussy.

O incêndio do Museu Nacional do Brasil, ocorrido no dia 2 de setembro de 2018, faz pensar sobre o cultivo do patrimônio e da arte, alertando para outros incêndios que a cultura vem sofrendo — literais ou não.

Para que serve um museu?
Como se cultiva um patrimônio?
Como se cultiva a arte?

No final do espetáculo, o pianista abrirá um espaço para a participação do público para perguntas e/ou comentários.

SERVIÇO:
Local: Theatro São Pedro
Quando: 16/06, domingo, 18h.

Ingressos
Valores: Platéia: R$ 80,00
Camarotes centrais: R$ 60,00
Camarotes lateriais: R$ 40,00
Galerias: R$ 20,00
Venda online: https://vendas.teatrosaopedro.com.br/recital-de-piano-andre-golbert-16

André Golbert
Ao longo de sua trajetória, André Golbert participou de importantes festivais de música, como o Aspen Music Festival and School — onde estudou com Ann Schein —, e a Academie Internationale d’Eté du Grand Nancy — onde foi aluno de Amy Lin. Recebeu o prêmio de Menção Honrosa no Concurso Nacional de Piano Souza-Lima, nas edições de 2013 e 2014. Como doutorando em Piano Performance na Florida State University (FSU), tem sido reconhecido com diversas bolsas de estudo, incluindo a OLLI Scholarship, para a qual foi um dos três alunos selecionados entre toda a universidade. Em 2019, lecionou o curso The Tantalizing Sounds and Images of Claude Debussy and Maurice Ravel no Osher Lifelong Learning Institute (OLLI), instituição de ensino voltada para a comunidade sênior. O interesse de André pela música francesa do início do século XX o levou a receber uma bolsa para estudar em agosto de 2019 com Paul Roberts — eminente pianista e musicólogo especializado no assunto —, em seu festival de música na França.

Nascido em 1993, em Porto Alegre, André iniciou seus estudos de piano aos oito anos de idade, como aluno de Elisa da Silva e Cunha. Em 2015, recebeu o diploma de Bacharel em Piano pela UFRGS, onde estudou com Ney Fialkow. Em 2017, se formou no Mestrado em Piano Performance na Mannes School of Music, em Nova York, onde foi orientado pelo pianista russo Arkady Aronov. André vem se apresentando por diversos locais dos Estados Unidos e do Brasil. Sua estreia no Theatro São Pedro de Porto Alegre, em 2015, foi seguida por dois outros recitais solo no teatro, além de um concerto como solista da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, em 2017. Empreendimentos recentes incluem o recital palestra Three Women Composers and the Language of Reaching Out, o recital de música de câmara incluindo o Trio de Ravel e a Sonata para Dois Pianos e Percussão de Bartók, e a autoria das notas de encarte do próximo álbum da sua atual orientadora, a pianista Heidi Louise Williams.

André Golbert ao piano: https://youtu.be/MS6fWc6GO2k
TSP: http://www.teatrosaopedro.com.br/eventos/recital-de-piano-andre-golbert-rs/
Evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/392334481622460/permalink/394279484761293?sfns=mo

Bibi Iankilevich
Produtora Cultural
(51) 997.955.808