Theatro São Pedro - Porto Alegre

Andiara Mumbach e André Carrara no Musical Évora

Andiara Mumbach e André Carrara são os destaques do Musical Évora da quarta-feira, dia 7, às 12h30, na Sala da Música do Multipalco. Com entrada franca, o recital apresenta obras de Franz Liszt (1811-1886), um dos mais brilhantes compositores, pianista e maestro húngaro.

Sobre os músicos:

Andiara Mumbach iniciou suas atividades musicais aos sete anos participando de festivais da canção em sua cidade natal. Em 2005, ingressou no curso de Licenciatura em Música na UFSM. Em 2006, iniciou seus estudos de canto com a soprano Fernanda Junges. Em 2007, transferiu-se para o bacharelado em canto na mesma instituição. Foi professora de técnica vocal no Projeto de Extensão do Curso de Música da UFSM. Entre agosto de 2009 e julho de 2010 atuou como preparadora vocal do Coro de Câmara da UFSM. Tem participado ativamente como solista junto a Orquestra Sinfônica de Santa Maria em concertos locais e regionais. Em dezembro de 2010 realizou seu recital de conclusão de curso. Atualmente ministra aulas de canto e dedica-se especialmente ao repertório barroco e à música de câmara, recebendo orientações da soprano Elisa Machado.

André Carrara, nascido em Ubá (RJ), onde iniciou seus estudos musicais, ingressou na Escola Nacional de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1984, onde concluiu o Bacharelado em Música (piano). De 1989 a 1995 passou a se aperfeiçoar, inicialmente no Brasil e posteriormente na França, recebendo, neste período, aulas de alta interpretação do pianista Nelson Freire. Sob orientação do Prof. Dr. Jacob Herzog, obteve o grau de Mestre em Piano pela UFRJ. Em 2004 ingressou no quadro efetivo da OSPA. Em 2010, sob orientação da Profª. Drª Cristina Gerling e Prof. Dr. Ney Fialkow obteve o título de Doutor em Música pela UFRGS. Gravou em 1997 os 12 Estudos op. 10 de Chopin com excelente repercussão na crítica especializada. Em virtude das comemorações do centenário de nascimento de Francisco Mignone, foi convidado a gravar a 3ª Sonata para piano, junto a outros nomes do cenário pianístico brasileiro. Sua discografia ainda inclui “Notas Brasileiras”, que percorre o repertório nacional para o duo flauta e piano e “Compositores Contemporâneos, Pianistas Brasileiros”, com a 3ª Sonatina de Osvaldo Lacerda.

 

Programa:

Franz Liszt
Rapsódias Húngaras ns. 11 e 12
Balada n. 2 em Si m.
Valsas Mephisto ns. 1 e 3.
Venezia e Napoli (I. Gondoliera, II. Canzone, III. Tarantella)